A degustação de vinho é um universo complicado e até os mais experientes não escapam a alguns equívocos.
O maior erro está, exatamente, em achar que para se apreciar um vinho é necessário ter conhecimentos técnicos sobre a bebida. É evidente que ter algumas informações extra poderá ajudar na degustação, mas, não serão elas a proporcionar uma melhor e mais agradável experiência a nível de sabor. Descomplicar é uma vantagem.

Assim, vale a pena conhecer alguns dos erros que cometemos ao beber vinho.

1. Encher demais o copo - Ao encher o copo em demasia não só este fica pesado para o segurar de uma forma confortável como o vinho também fica com menos espaço para respirar. Além disso, para melhorar o sabor do vinho, devem fazer-se pequenos movimentos circulares com o copo de forma que as moléculas se agitem e ofereçam mais paladar, com o copo a transbordar isto torna-se impossível.

2. Segurar o copo pelo fundo - Mais um erro comum na utilização do copo. Devemos procurar sempre segurar o copo pelo pé e evitar segurá-lo pelo fundo pois o calor do nosso corpo interfere na temperatura do vinho e consequentemente no seu sabor.

3. Beber sempre o mesmo vinho - Se queremos conhecer e apreciar vinho devidamente, devemos evitar beber sempre o mesmo ou a mesma variedade. A oferta é imensa, entre regiões e castas, e devemos explorá-la e às suas infinitas possibilidades. Haverá sempre algo novo e interessante por descobrir.

4. Ficar excessivamente preso às regras de harmonização - Existem regras tradicionais para a harmonização entre vinhos e gastronomia: por exemplo, o vinho tinto acompanha melhor as carnes, o vinho branco vai melhor com peixe e frutos do mar. Estas notas são importantes, mas não devem ser entendidas como absolutas ou inflexíveis. Há uma infinidade de escolhas e possibilidades e, muitas vezes, arriscar em combinações improváveis pode resultar em felizes surpresas.

5. Beber muito rápido - Este é o “erro” mais comum, todos o cometemos. Não damos ao vinho o tempo necessário para respirar e crescer, na garrafa ou no copo. Disfrute o momento, aprenda um pouco sobre o vinho que está a provar e melhore a sua experiência.

6. Empurrar a rolha para dentro do vinho - A delicadeza é a chave na hora de abrir uma garrafa de vinho, mas quem nunca teve o azar de cometer este erro e acabou por desfazer a rolha em vários pedaços? Quando isto acontece, a solução é decantar o vinho. Só assim o vinho oferecerá o seu sabor original.